Sábado, 26 de Maio de 2007

Importancia de Ti

Importância de Ti.

 

Debaixo desta noite escura

Iluminada apenas pela lua pura

Que por entre as nuvens espreita

Fugindo a luz por uma passagem estreita.

 

E essa luz é reflectida...

Espelhada no ondulado mar

Rodeado pela natureza esquecida

Que procura por quem amar.

 

Penso em ti...

Continuo a pensar em ti...

Alguém que nunca foi meu

Alguém que já se perdeu.

 

Com o teu olhar me cativaste

Olhar profundo, expressivo, vivo!

Formaste sorrisos na minha face

Sorrisos por tudo e por nenhum motivo.

 

Foi um crescente de sentimentos

Que se formaram dia a dia

Sem pedires licença ocupaste os meus pensamentos

Quando quis esquecer já não podia.

 

Haverá algum obstáculo?

Algo instransponível entre o teu mundo e o meu?

Algo que nos afaste com os seus tentáculos

Que não permita que sejas meu?

 

Sonhei alto e não devia

Fantasiei além da conta

Não vi o quanto perdia

Formou-se um abismo de ponta a ponta.

 

Importantes são as tuas palavras

A tua presença é essencial

Mantem-te perto de onde estavas

Fica... porque o sentimento não é banal.

Patrícia Santos

3/05/07

música: Keane - A Bad Dream
publicado por a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul às 00:58
link | comentar | ver comentários (20) | favorito
Sábado, 21 de Abril de 2007

Observar, Escutar...não é preciso Falar.

Observar, Escutar…não é preciso Falar.

 

A noite já tinha caído,

O frio sentia-se no ar, vagando perdido

Olhei em redor e deixei-me ficar

Vinha apenas para observar.

 

Na mão uma castanha assada,

Iluminada pelas luzes que enfeitavam a rua,

E lá em cima bem distante a lua

Sorria enfeitiçada.

 

Sentada naquele banco,

Observava a multidão

Deambulando por entre a agitação,

Mergulhada naquele fumo branco.

 

Sorrisos abertos,

Sorrisos fechados,

Sorrisos perpétuos,

Sorrisos errados.

 

Expressões melancólicas,

Gargalhadas eufóricas,

Expressões cansadas,

Gargalhadas envergonhadas.

 

Olhares puros,

Olhares altivos,

Olhares duros,

Olhares passivos.

 

Pessoas diferentes passavam por mim,

Algumas presentes,

Outras ausentes,

Percorriam caminhos sem fim.

 

Ali sentada fiquei a observar,

O pensamento das pessoas tentava adivinhar,

Enquanto percorriam aquela estrada

Comunicava com elas, mesmo calada.

 

Não é preciso falar para entender,

Não é preciso falar para conhecer,

Basta escutar,

Basta observar.

 

Ouviu – se o barulho da castanha a cair no chão,

Há muito tempo que já não havia multidão,

O frio era agora apertado,

Levantei-me e procurei outro banco ainda inexplorado.

 

 

Patrícia Santos

 

8/01/07

 

 

sinto-me: Bem-disposta!
música: Fort Minor - Where'd you go
publicado por a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul às 12:51
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
Domingo, 15 de Abril de 2007

Arrábida, minha Serra!

Arrábida, minha Serra!

 

O sol ainda não nasceu

O tom avermelhado se avista, ondulante

Na linha do horizonte, lá bem distante

Onde já a escuridão da noite se perdeu.

 

Da pedra em que estou sentada

Vejo estendido o enorme mar

Observo a natureza, calada…

Sinto a brisa a navegar.

 

Sinto-me bem aqui sozinha

Perdida nos meus pensamentos

Isolada da confusão, dos tormentos

Abraçada pela calma desta serra minha.

 

Arrábida! Minha Serra!

De todas a mais bela.

É o paraíso na terra

Pintado por Deus numa linda tela.

 

 

Patrícia Santos

1/09/06

 

sinto-me: Com sono!
música: Creed - With arms wide open
publicado por a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul às 01:47
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 10 de Abril de 2007

Sorrisos

Sorrisos

 

Há sorrisos de felicidade

Há sorrisos de tristeza

Há sorrisos de verdade

E sorrisos que demonstram frieza.

 

Sorrisos cansados

Sorrisos perdidos

Sorrisos desesperados

Sorrisos vendidos.

 

Há sorrisos envergonhados

Há sorrisos emotivos

Há sorrisos angustiados

E sorrisos sem motivo.

 

Sorrisos calados

Sorrisos quentes

Sorrisos falados

Sorrisos pendentes.

 

Há sorrisos sentidos

Há sorrisos puros

Há sorrisos contidos

E sorrisos duros.

 

Sorrisos lembrados

Sorrisos esquecidos

Sorrisos quebrados

Sorrisos vividos.

 

Há sorrisos e mais sorrisos e todo o tipo de sorrisos

Para a sua existência não há razão

Existem porque são precisos

Existem e eternamente existirão.

 

Sorria sem razão

Saiba sorrir de cor.

Sorria sem um “senão”

Porque um sorriso torna tudo melhor!

Patrícia Santos

10/04/07

_____________________________________________________

Este poema foi escrito hoje de manhã, no comboio, quando ia para o meu estágio. Não sei bem porque é que o escrevi, sei que o escrevi muito rápido. Talvez por isso esteja um pouco "ranhoso". Hehehe! Mas eu postei na mesma! =D

 

sinto-me: On fire ao ouvir esta música!
música: Street of fire - Nowhere Fast
publicado por a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul às 20:08
link | comentar | ver comentários (12) | favorito
Sexta-feira, 6 de Abril de 2007

Um Caso de Paixão

“Um Caso de Paixão”

Hoje sentada aqui

Não sei bem o que fazer…

Sinto necessidade de escrever

Necessidade de escrever sobre ti.

 

Tu…quem me faz sorrir

Tu…quem me faz chorar

Tu…que sabes colorir

Os espaços que em mim ainda faltam pintar.

 

A empatia sentida

A vontade de dar um beijo na tua face perdida

O carinho gerado

A vontade de te dar um abraço apertado.

 

Quando um simples sorriso

Se forma na tua face

Nada mais importa, nada mais é preciso

Seria bom que esse momento eternamente durasse.

 

Queria, por momentos

Entrar no teu mundo

Procurar-te no fundo

Despertar-te sentimentos.

 

Queria arrancar-te da solidão

Abrir-te a porta para o mundo que te abraça

Mostrar-te a vida e toda a sua agitação

Onde a tristeza se cobra e a alegria é de graça.

 

Queria que esse olhar perdido

Encontrasse o meu

Que me deixasses encontrar o que é proibido

Esse segredo que é só teu.

 

Já sinto…saudade

Esta é a palavra certa.

Saudade de tempos que ainda não vieram

Saudade de tempos que não vão chegar.

 

E sobre ti senti vontade de escrever

Fizeste-me despertar emoções

Pensamentos, sentimentos

Ajudaste-me a crescer.

Patrícia Santos 

19/03/07

Este poema é dedicado a um menino muito especial, que conquistou o meu coração num abrir e fechar de olhos. Um beijo enorme, cheio de carinho e amizade, para ele.

sinto-me: Melancólica
música: Keane - The Humburg Song
publicado por a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul às 23:48
link | comentar | ver comentários (22) | favorito

A Maldade Humana

A Maldade Humana

 

Não há no mundo Ser mais ruim

Que o Ser Humano

Inicia guerras sem fim

Obedece aquele que é Tirano.

 

É senhor do universo

Tem nas suas mãos o mundo

Mas bem lá no fundo

Sua alma é mais pequena que este verso.

 

Tem o poder de construir

E fá-lo à custa do semelhante

Maior é a sua capacidade de destruir

E age como se não fosse um Ser errante.

 

Ser materialista

Ser vingativo

Tudo é conquista

Tudo é motivo.

 

Define a Luxúria como habitação.

Como prato principal elege a Ambição 

E o pecado da Avareza

É a sua escolha para a sobremesa.

 

Provoca a guerra terminando com a paz

E sem pensar nas consequências

Fá-lo de um modo voraz

Sem medo de represálias e não ouvindo advertências.

 

É triste observar

É triste presenciar

Esta coisa que é mundana…

A maldade humana.

Patrícia Santos

24/03/07

 

sinto-me: Ainda mais cansada
música: Enya - Adiemus
publicado por a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul às 03:13
link | comentar | ver comentários (8) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 26 seguidores

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Importancia de Ti

. Observar, Escutar...não é...

. Arrábida, minha Serra!

. Sorrisos

. Um Caso de Paixão

. A Maldade Humana

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O Poder da Memória

. Momento Inesquecível

. Mãos Dadas

. Um Caso de Paixão

. O amor na areia

.links

.pesquisar

blogs SAPO

.subscrever feeds